Make your own free website on Tripod.com

Nicotina afeta zona do cérebro relacionada às emoções e à excitação sexual, diz estudo.

Fonte - CNN

ATLANTA -- A nicotina, o composto que mais causa a dependência ao cigarro, pode danificar uma região do cérebro ligada ao controle emocional, à excitação sexual, ao movimento rápido dos olhos durante o sono (conhecido como REM) e a ataques epiléticos.

A afirmação é de pesquisa publicada na revista médica britânica Neuropharmacology. Segundo a pesquisa, a descoberta pode ajudar os cientistas a determinar a área exata do cérebro que leva ao desenvolvimento da dependência ao cigarro ou às drogas.

"A nicotina causa os danos mais seletivos ao cérebro que eu já vi" declarou o neurocientista Gaylord Ellison, chefe da equipe de pesquisadores responsável pelo estudo, da Universidade da California, em Los Angeles.

Em uma investigação anterior, Ellison e seus colegas demostraram que as anfetaminas, a cocaína, o êxtase e outras drogas causam danos na metade do fasciculus retroflexus, grupo de fibras 

nervosas que emergem de uma região do cérebro situada sobre o tálamo.

O novo estudo revela que a nicotina causa a degeneração na outra metade do fasciculus retroflexus, que Ellison define como uma região "muito mais afetada pelo uso crônico de drogas que qualquer outra parte do cérebro".

Além disso, os pesquisadores descobriram que as drogas, ou demais substâncias químicas, que danificam metade do grupo de fibras nervosas não afetam a outra metade suscetível à nicotina. Por essa razão, afirma Ellison, o dano causado pela nicotina é tão seletivo.

Os cientistas, que administraram a nicotina em ratos de laboratório durante cinco dias, não examinaram os efeitos sobre cérebros humanos, e deixaram claro que ainda é preciso realizar uma investigação mais aprofundada a respeito da constituição neurologica dos fumantes.

Conforme indica a pesquisa, a região do cérebro afetada "é particularmente vulneravel à toxicidade neurológica associada com a nicotina".

Altas doses de fumaça de cigarro podem conter mais de 4.000 substâncias químicas, informa a Sociedade do Câncer dos Estados Unidos.

O grupo revela que a nicotina não causa o câncer, mas sim, é responsável pelo desenvolvimento da dependência ao tabaco.

Leia Também
Tratamento
 Custos
Outras Drogas
Retornar
Principal