Make your own free website on Tripod.com

Ecstasy reduz nível de substância ligada ao humor

       O original está em: Terra
       O ecstasy, droga que se tornou popular com as "raves" e outras festas entre jovens, pode esgotar os níveis de uma substância química do cérebro relacionada ao humor, afirmam pesquisadores do Centro de Dependência e Saúde Mental, em Toronto, no Canadá. Segundo eles, isso poderia explicar o fato de os usuários se sentirem deprimidos à medida que o efeito da droga passa. Eles afirmam que um homem de 26 anos, que morreu devido a uma overdose da droga, apresentava níveis muito baixos de serotonina no cérebro. Ele vinha usando ecstasy há nove anos e nos últimos também tinha começado a usar cocaína e heroína. A serotonina é um importante neurotransmissor relacionado ao humor, ao apetite, ao sono e às emoções. "Este é o primeiro estudo a demonstrar que esta droga pode esgotar o nível de serotonina em humanos", diz Stephen Kish. "Os níveis de serotonina e outra substância química associada à serotonina eram de 50 a 80 mais baixos no cérebro do usuário de ecstasy". O ecstasy, conhecido quimicamente como metilenedioximetanfetamina ou MDMA, está relacionado ao alucinógeno mescalina e ao estimulante anfetamina. Ele faz com que células cerebrais conhecidas como neurônios liberem serotonina. Usuários de ecstasy afirmam que a droga faz com que se sintam mais íntimos de outras pessoas e mais conscientes de suas emoções. "Provavelmente, alguns dos efeitos dessa droga sobre o comportamento se devem à liberação massiva e ao esgotamento de serotonina", diz Kish. "E a depressão que as pessoas sentem depois que passa o efeito da droga também pode ser explicada pelo esgotamento de serotonina no cérebro".

Outras Pesquisas

Principal