Make your own free website on Tripod.com
Notícias Atuais
Pesquisas
Principal

 

visitas desde 10/outubro/2001

Notícia de 07 de junho de 2000

Táxis vão usar gás natural

Fonte - Gazeta do Povo

Outra iniciativa que está sendo viabilizada para diminuir a poluição em Curitiba é a utilização do gás natural em parte da frota de táxis em circulação. Inicialmente, metade dos 2.254 carros que fazem este tipo de transporte devem adotar o combustível. O presidente da Companhia Paranaense de Gás (Compagás), Antonio Fernando Krempel, cita o exemplo da cidade do Rio de Janeiro, onde cerca de 75% dos táxis já circulam nestas condições. A adaptação no carro vai custar R$ 2 mil ao proprietário.

De acordo com ele, por mês, 14 toneladas de poluentes deixarão de ser lançadas na atmosfera somente com a metade dos táxis curitibanos utilizando o gás natural. Para utilizar o novo combustível, entretanto, os taxistas terão que fazer adaptações em seus carros. O custo estimado na aquisição do kit de conversão, esclarece Krempel, é de R$ 2 mil. Mas ele garante que o investimento tem um "retorno rápido", uma vez que há uma redução de 50% no consumo de combustível.

"No ano passado, o mercado de gás natural cresceu 74% em relação a 1998, o que comprova a vantagem deste combustível", comenta. Krempel diz que sete postos de abastecimento de Curitiba já demonstraram interesse em montar a estrutura para fornecer gás natural aos taxistas - o que exige um investimento em torno de US$ 400 mil para o empresário. "Existem grandes possibilidades de que até o final do ano toda a frota de táxi esteja utilizando o novo combustível", enfatiza.