Make your own free website on Tripod.com
Notícias Atuais
Pesquisas
Principal

 

visitas desde 10/outubro/2001

Notícia de maio de 2000

Exposição ao chumbo triplica risco de contrair Alzheimer


Agence France Presse - 04/05/2000

          A exposição ao chumbo nos locais de trabalho pode triplicar os riscos de contrair o Mal de Alzheimer, segundo um estudo divulgado no Congresso Anual da Academia Americana de Neurologia, que se realiza na Califórnia.
          O estudo mostra que as pessoas que respiram pó de chumbo ou cuja pele está em contato com esse metal de forma regular em seus locais de trabalho têm 3,4 vezes mais chances contrair a doença a longo prazo, destacam os pesquisadores da Universidade Case Western Reserve, em Ohio.
          Os autores compararam as atividades profissionais no passado de 185 pessoas afetadas pelo mal de Alzheimer e as de outras 303 pessoas saudáveis e investigaram se foram expostas a chumbo, alumínio, ferro, mercúrio, zinco ou solventes. Só a exposição ao chumbo foi fator de aumento do risco de desenvolver o mal de Alzheimer.
          "Apesar de há tempos o chumbo ser conhecido por sua toxicidade (...) seus efeitos a longo prazo são difíceis de medir. A amplitude de seus efeitos negativos tem sido ignorada", destaca a professora Elisabeth Koss, principal autora do estudo. As pessoas podem ser expostas ao chumbo que se encontra na composição de algumas tintas.