Make your own free website on Tripod.com

Revisão organizada ajuda desempenho.

Às vésperas do vestibular, a revisão organizada dos conteúdos pode garantir o bom desempenho nas provas. O período é crítico para o estudante e deve ser dividido em três etapas: até a antevéspera, a véspera e o dia da prova. A regra número um é não procurar aprender, mas elaborar um cronograma para reforçar o que já sabe.

O professor Floriano Kreger diz que até o dia anterior à prova, o tempo de estudo do vestibulando deve ser planejado de forma com que os assuntos a serem revistos sejam divididos proporcionalmente ao nível de dificuldade.

"O candidato não pode descuidar das provas com peso 1. Há um mínimo de acertos exigidos. Nesse caso, o melhor é selecionar os capítulos em que encontrou menos dificuldade e se aperfeiçoar neles", ensina.

Aproveitar bem o tempo para o professor significa ainda reservar 30 minutos por dia, mesmo que antes de dormir, para leitura de atualidades em jornais, revistas ou contos rápidos para se manter atualizado e aperfeiçoar o vocabulário.

Outra dica dos especialistas é não modificar hábitos alimentares ou a quantidade de sono nesse período. Qualquer problema de saúde poderá atrapalhar o plano de estudo. Além da saúde, o candidato deve estar atento ao nível de ansiedade. Muitos estudantes exigem demais de seu desempenho e acabam vítimas do estresse.

No consultório da psicóloga Rosane Levenfus, por exemplo, um grupo de candidatos ao curso de Medicina está debatendo as preocupações com o vestibular. Entre os depoimentos, segundo a psicóloga, estão, principalmente, o medo de não ter estudado o suficiente, a comparação com os outros candidatos e a angústia de não saber tudo.

"Na terapia em grupo eles acabam descobrindo que não são os únicos preocupados com as dificuldades. Procuro mostrar que não há regra para a aprovação. Também não há como ninguém saber tudo", diz Rosane.

Na véspera da prova, a principal recomendação é dormir bem. Nada de pegar os livros. Para os candidatos do Interior, é indicado uma visita ao local da prova, observando o tempo gasto, o caminho e a condução que será utilizada considerando o trânsito no dia da prova. Confira outras dicas abaixo.

DICAS PARA AS PROVAS
• Faça uma cópia autenticada da carteira de identidade e do cartão de ingresso, por precaução. Não guarde junto com os originais.
• Prepare uma cola de cada disciplina. Se o preparo for cuidadoso, você estará fazendo uma síntese dos conteúdos e fixando a essência. Na hora da prova, jogue a cola fora. Você não precisará dela.
• Pegue as redações que você elaborou durante o ano e releia, observando correções e sugestões feitas para não repetir os mesmos erros.
• Faça uma última redação, cronometrando o tempo. Procure terminá-la em uma hora e 40 minutos, no máximo, incluindo passar a limpo e dar uma revisada.
• Procure se manter ocupado nos momentos anteriores à prova. Ler, estudar, caminhar, ouvir música ou conversar ajudam baixar o nível de ansiedade.
• Não deixe de dormir bem na véspera da prova. É bobagem querer estudar nesse dia.
• No dia da prova, afaste-se dos pessimistas de plantão. Afaste-se, também, dos eufóricos que afirmam gabaritar as provas.
• Não se preocupe em querer fazer determinado número de acertos. Trabalhe com concentração e tranquilidade para fazer o máximo possível.
• Não demore em uma questão que está lhe parecendo difícil. Ela tem o mesmo valor das outras. Deixe-a para o fim. Se sobrar te, pense novamente nela. Caso contrário, assinale a alternativa que tiver sido menos usada naquela prova.
• Muitas vezes o candidato entende a questão, mas não consegue resolvê-la. Nesses casos, o correto entendimento da questão leva o aluno a uma idéia aproximada da resposta. É hora de confir na intuição.
• Não se desespere com as questões que não souber responder. Por mais difícil que seja o curso para o qual você se inscreveu, poderá se classificar tranquilamente, sem gabaritar qualquer das provas.

Fonte desta matéria:

 Terra vestibular

Veja outras dicas

 

Viu quantos acessos ?

Principal