Make your own free website on Tripod.com

Mulheres jovens mais vulneráveis à morte pelo consumo de Ecstasy

Fonte - CNN

LONDRES -20 de novembro, 2000 - As mulheres jovens que consomem ecstasy têm maior probabilidade de morrer em conseqüência da droga do que qualquer outro, disseram nesta segunda-feira pesquisadores do Kings College.

A droga é mais perigosa para as mulheres em idade reprodutiva por causa dos altos níveis de estrógeno, hormônio feminino, em seus organismos, segundo estudo apresentado no encontro anual da Society of Endocrinology, em Londres.

O hormônio impede que seus corpos reajam à retenção de líquido que ocorre quando o ecstasy é absorvido pelo organismo, noticiou o jornal Times.

"O modo como as mulheres jovens, em particular, reagem ao ecstasy as deixa em risco, embora esses efeitos possam aplicar-se a qualquer um que tome a droga," explicou dra. Mary Forsling, professor de Neuroendocrinologia.

"O modo como as mulheres jovens, em particular, reagem ao ecstasy as deixa em risco, embora esses efeitos possam aplicar-se a qualquer um que tome a droga," explicou dra. Mary Forsling, professor de Neuroendocrinologia.

"Ecstasy é especialmente perigoso por causa das circunstâncias em que as pessoas o ingerem," disse. "A dança eleva a temperatura do corpo, bebe-se muito, os hormônios ordenam ao organismo reter água, bebe-se mais. É algo como um ciclo vicioso."

Na medida em que o ecstasy é absorvido pelo organismo, produz outra substância química chamada HMMA, que provoca a liberação de um hormônio que incentiva a pessoa a beber. O desequilíbrio resultante dos níveis de sódio no corpo pode ser fatal.

Leia Também
Tratamento
 Custos
Outras Drogas
Retornar
Principal